ANGF apela a solidariedade dos aficionados para ajudarem Miguel a encontrar dador de medula compatível

A ANGF, Associação Nacional de Grupos de Forcados, sensibilizou-se com a história de Miguel, um menino diagnosticado com síndrome mielodisplásica, uma doença rara em que o transplante de medula óssea é a única esperança.


Assim, a Associação Nacional de Grupos de Forcados apela a todos os Forcados, antigos, actuais e aficionados em geral que se desloquem a qualquer dos locais onde possa ser feita uma colheita de sangue para que se verifique a compatibilidade.

Basta ter entre 18-45 anos; peso mínimo de 50kg e altura superior a 1,5m; ser saudável; nunca ter recebido transfusões após 1980.

Caso não seja compatível e quiser ser dador, ajudaremos outras pessoas que possam estar em situações semelhantes.

Ser aficionado é ser solidário.