Novilheiro Manuel Perera em coma induzido após grave acidente

O jovem Manuel Perera após a sua actuação em Mourão em 2018

O novilheiro espanhol Manuel Perera, destacado aluno da Escola de Tauromaquia de Badajoz, naturale de Villanueva del Fresno e que em 2018 actuou no Festival Taurino em Mourão, sofreu no passado domingo um acidente de viação, encontrando-se neste momento em coma induzido.

O jovem tinha estado a participar no bolsin de Ciudad Rodrigo, juntamente com os colegas da escola de toureio, e regressavam a casa quando pouco depois de Almendralejo, se deu o acidente. Yeray Gómez e Fran Amaya, os outros jovens que vinham no carro, sofreram golpes ligeiros, tendo Manuel Perera sido o caso mais grave e de imediato transportado para o Hospital Universitário de Badajoz, onde foi submetido a uma cirurgia para recomposição da cavidade ocular e do osso frontal. 

Após 4h de operação, o novilheiro foi colocado em coma induzido na Unidade de Cuidados Intensivos, encontrando-se agora a recuperar. Os médicos estão optimistas mas asseguram que a recuperação será lenta.

O novilheiro estava anunciado para a novilhada sem picadores que se vai realizar a 7 de Março em Olivença, onde agora será uma baixa. 

O estado da viatura em que seguiam os jovens novilheiros - DR/ExtremaduraON

Com tecnologia do Blogger.