Header Ads

Made withVisme

  • Últimas

    Mourão: "Assalto ao ruedo de…Juanito"

    Quatro dias depois, a Praça de Toiros “Libânio Esquível” voltou a abrir as suas portas para o segundo festejo inserido na mini taurina apresentada para as Festas em Honra da Sra das Candeias.

    Actuou a cavalo o rejoneador espanhol Andrés Romero andou irregular perante um bom toiro (levava o algarismo 8), enquanto Salgueiro da Costa teve constância e um toureio mais frontal perante uma rês com menos mobilidade.

    Pegaram os Amadores de Montemor por intermédio de Manuel Carvalho que consumou com decisão à primeira; e Manuel Ribeiro que à segunda tentativa logrou boa pega.

    A pé, o matador Álvaro Lorenzo a espaços ligou as tandas; David de Miranda passou discreto e destacou uma série pela esquerda; Diego Carretero teve faena de menos a mais perante um bom novilho; e o português Juanito encerrou a tarde com uma entrega que cedo fez eco nas bancadas e aproveitando a nobreza do novilho. O matador luso demonstrou estar a iniciar a sua temporada 2022 com muita determinação, com um toureio variado que deixou o público rendido e de pé, sendo sacado em ombros na volta.

    João Silva “Juanito” assaltou assim a afición desta tarde em Mourão mas agora precisa que as oportunidades surjam principalmente lá fora e seja a Figura que o Toureio nacional a pé tanto precisa.

    Lidaram-se reses de Murteira Grave todos a cumprir com bom comportamento, destacando o primeiro, quinto e sexto.

    Dirigiu o festejo uma vez mais com acerto, o sr. Agostinho Borges, assessorado pelo veterinário Dr. Matias Guilherme.

    Mourão voltou hoje a viver de grande atmosfera taurina fora e dentro de praça mas lamento o excessivo ruído de fundo vindo das bancadas durante as actuações e que retirou algum ambiente ao que se passava na arena… E sobre o outro “assalto à arena” após a primeira lide… não dou tempo de antena a criminosos.

    Esperemos agora poder regressar à Praça de Toiros Libânio Esquível em Abril, para comemoração do seu centenário (que o Munícipio tenha esse cuidado...).

    Patrícia Sardinha