A opinião do ganadero sobre os 'Murteira Grave' para o Campo Pequeno


Os seis toiros da ganadaria Murteira Grave, resenhados para a corrida desta quinta-feira, no Campo Pequeno, são estampas admiráveis de toiros de lide. 

O ganadero, Dr. Joaquim Grave, apresentou-os um por um:

72 – “Luna de Miel” – é castanho bragado corrido, toiro baixo, rematado, bem armado de mirada séria. 

105 – “Cigarrero” – é negro, bragado e meano de capa 

114 – “Cocaína” – negro buraco, com cara, "estrecho de sienes y enseñando las palas", toiro fino de formas e cabos, lombo recto, inserção perfeita da cauda numa garupa levemente descaída, toiro reunido, rematado. Que mais...? Pelas formas, pela capa... a estrela! UMA ESTAMPA!

120 – “Rebelde” – sardo de capa, corpulento, bem armado. "Mucho toro!"

129 – “Flor de Jasmim” – negro, baixo, muito harmonioso, curto de mãos, acapachado a dar um ar dos antigos "murteiras"

135 – “Pinturero” - negro mulato, bem armado (enseña las puntas), chatito e de muita "lamina". Precioso!

Luna de Miel

Cigarreiro

Cocaína

Rebelde

Flor de Jasmim

Pinturero

Partilhar no Google Plus

Sobre NATURALES

NATURALES, CORREIO DA TAUROMAQUIA IBÉRICA é um site independente de informação, análise, divulgação e crítica. Existe desde 25 de Julho de 2001, o que faz do NATURALES actualmente, a mais antiga publicação de toiros portuguesa na Internet.
    Blogger Comentários
    Facebook Comentários