Toiros Cortes Moura 'abriram' Porta Grande em Madrid a Andy e quase a Ventura


Os toiros da ganadaria portuguesa de Mª Guiomar Cortes Moura, de desigual comportamento, permitiram ainda assim esta tarde em Madrid grandes triunfos, com uma Porta Grande ao rejoneador Andy Cartagena e uma enorme actuação de Diego Ventura no que foi segundo do seu lote, com uma lide que meteu as bancadas de pé.

No entanto, o 'presidente' impediu a possibilidade da Porta Grande ao rejoneador luso-espanhol por este ter 'pinchado' nesse mesmo toiro, apenas lhe permitindo o corte de uma orelha. Já no que saiu em segundo lugar à praça, Ventura escutou ovação, após uma actuação de muita ligação mas onde também pinchou por duas vezes.

Andy Cartagena, que foi silenciado no primeiro, impôs o seu rejoneio no terceiro da tarde e logrou o corte de duas orelhas e consequentemente a Porta Grande, a primeira da Feira de San Isidro deste ano.

Manuel Manzanres teve o lote mais desluzido e menores condições e foi silenciado em ambas as actuações.




Fotografia: cultoro.com

Partilhar no Google Plus

Sobre NATURALES

NATURALES, CORREIO DA TAUROMAQUIA IBÉRICA é um site independente de informação, análise, divulgação e crítica. Existe desde 25 de Julho de 2001, o que faz do NATURALES actualmente, a mais antiga publicação de toiros portuguesa na Internet.
    Blogger Comentários
    Facebook Comentários