Toureiro Jaime Ostos morre aos 90 anos vitima de ataque cardíaco


Morreu ontem o matador de toiros espanhol Jaime Ostos, aos 90 anos de idade.

O toureiro sofreu um ataque cardíaco fulminante em Bogotá, na Colômbia, onde se encontrava de visita a amigos com sua mulher, Mari Ángeles Grajal.

Era natural de Écija, Sevilha, onde nasceu a 8 de Abril de 1931.Apresentou-se em público na sua terra a 1 de Junho de 1952 e tomou a alternativa de matador de toiros a 13 de Outubro de 1956 em Zaragoza, tendo popr padrinho Miguel Báez "Litri", com o testemunho de António Ordoñez. Confirmou em Madrid a 17 de Maio de 1958, na Feira de San Isidro, com António Bienvenida como padrinho e Gregório Fernández por testemunha.

Sofreu ao longo da sua carreira inúmeras colhidas, a mais grave de todas em 17 de Julho de 1963 em Tarazona de Aragón, onde chegou a ser dado como morto e recebeu mesmo a extrema-unção.

Jaime Ostos foi um dos toureiros mais importantes das décadas de 60 e 70.

Retirou-se das arenas em 1974.


Fotografia: DR