Forcado Amador: continuam os gestos solidários em tempos de pandemia

Em tempos de pandemia, e enquanto a Temporada 2021 não arranca, vários são os grupos de Forcados que realçam os seus valores altruístas participando em acções solidárias.

Tome-se hoje por exemplo dois grupos: o Aposento da Chamusca e os Amadores de Évora.

Os ribatejanos uniram-se a uma causa solidária, iniciada por 3 jovens (Mariana Garcia, Diogo Mendes e Maria Silva), doando bens alimentares e ajudando na recolha e entrega dos mesmos ao hospital de Santarém. Representados pelo seu cabo Pedro Coelho dos Reis, Frederico Gomes de Abreu, Marco Silva e Diogo Mendes (membro também do grupo organizador da doação).

Já os alentejanos do Grupo de Évora, realizou uma dádiva de sangue no Hospital do Espírito Santo, em Évora, respondendo aos apelos do Instituto Nacional de Sangue para a falta de sangue nas unidades hospitalares.