"E esta, como foi??" - por Florindo Piteira


Certamente a mais enigmática das fotografias, daquelas que param o tempo, o olhar fica preso e a mente revolta-se para lá chegar, depois de saber o que é, vem o "como é que eu não vi logo?!".

Dia 17 de Setembro de 2016, Praça de Touros da Amieira. 
As corridas na Amieira começam sempre ao almoço no Restaurante 'O Aficionado' do meu amigo Pedro, entre o bacalhau e as mistas grelhadas surgem os palpites para os triunfos da tarde. Grande cartel composto por Luís Rouxinol, Manuel Telles Bastos e João Salgueiro da Costa, touros São Martinho para os Amadores de S. Manços, Povoa e Monsaraz. 

A fotografia de hoje está para mim cheia de Mistério, Emoções e Fé. 

Tinha terminado a lide do quarto Touro e vim cá fora beber uma água fresca quando ia voltar para dentro estava o Manuel a preparar-se para entrar na praça com uma contra luz espetacular, vi logo ali uma grande foto comecei a fotografar ajustar a máquina e é ai que vem o grande momento fotográfico, o Manel ao benzer-se o sol fica entre a mão e a cara… os raios de sol… fiquei de Alma cheia. 

Lembrei-me do Mestre David Ribeiro Telles que tinha falecido havia pouco tempo, da grande ligação entre ele e o neto, foi como se ele ali estivesse a abençoa-lo, foi a minha visão, uma visão de Fé.

Um bem-haja Taurino.

Até ao Próximo Domingo,
Florindo Piteira