"E esta, como foi??" - por Florindo Piteira

 


Após este ano atípico quase sem corridas, quase sem nada, há a necessidade de rever o passado. 

Durante o Verão tivemos o “Bom Dia com uma Fotografia”, desta vez vou tentar contar histórias de fotografias que já são conhecidas, mostrar o antes e o depois e a história que envolve a fotografia. Esta rubrica vai sair todos os domingos à tarde.

Vamos lá começar:



No dia 21 de Março de 2018, fui com o meu amigo Carlos Ferreira, na qualidade de representante da empresa Toiros & Tauromaquia, fotografar três toiros para o Concurso de Ganadarias de Évora, e estivemos na ganadaria Pinto Barreios, Branco Núncio e Calejo Pires. 

A foto escolhida foi tirada na Herdade das Cortes Pequenas onde pastam os touros de Branco Núncio. 

À nossa espera estava o ganadero João Núncio que nos levou pelo campo para fotografar o touro escolhido. Pelo caminho foi nos contando que estavam ainda um pouco indecisos entre dois touros, que tinham todas as características para irem para o emblemático Concurso de Évora, e o melhor era fotografar já os dois. 

Entretanto, quando por ali andamos a tentar tirar a fotografia tipo “BI”, como eu lhe costumo chamar, os dois touros escolhidos pegam-se de briga e eu continuo a fotografar. Nisto, o amigo João dentro da sua boa disposição que sempre o acompanha diz então: - “olha o que ganhar a briga vai para Évora”. Acabou por ir o 17 para Évora e foi lidado em sexto lugar pelo Marco Bastinhas e pegado por Ricardo Sousa dos Amadores de Évora.

A ganadaria, desta vez, não levou nenhum prémio para casa.

Um bem haja taurino.

Até ao próximo domingo,
Florindo Piteira