Faleceu o antigo bandarilheiro Jacinto Fernandes


Vítima de AVC fulminante, morreu esta manhã o bandarilheiro e antigo novilheiro, Jacinto Fernandes. 

Natural da Luz (Mourão), onde nasceu a 7 de Março de 1953, Jacinto Diogo Fernandes Banha, cedo foi viver para Vila Franca de Xira onde começou a trabalhar.

Acompanhando o bandarilheiro e seu cunhado, João José, iniciou-se nas arenas como novilheiro, prestando provas na Monumental de Santarém em 29 de Setembro de 1973.

Três anos depois, a 25 de Julho de 1976, trocou o ouro pela prata e prestou provas para bandarilheiro praticante na praça da Figueira da Foz. Tomou a alternativa a 9 de Julho de 1977 na Monumental do Montijo, com um toiro de Cunhal Patrício, apadrinhado pelo saudoso César Marinho.
Foi fundador do Clube Taurino Vilafranquense e primeiro professor, com Jorge Domingos, da Escola de Toureio José Falcão.

Integrou as quadrilhas de vários toureiros, entre as quais as dos cavaleiros Luis Miguel da Veiga e Manuel Jorge de Oliveira.

Jacinto Fernandes era pai do também bandarilheiro Filipe Fernandes Banha e cunhado e tio dos também bandarilheiros João José Vieira Pedro, Ricardo Pedro e João Pedro "Juca".

Tinha 67 anos e tinha sofrido em Dezembro de 2010, um primeiro AVC de que conseguiu recuperar. 

A toda a Família enlutada endereçamos as sentidas condolências.


Fotografia: Emilio/Arquivo