António Ferrera colhido em Bogotá (Colômbia)


Depois dos mexicanos, foi a vez de António Ferrera deixar os colombianos rendidos a seus pés.

Aconteceu ontem em Bogotá (Colômbia), com o espanhol a sofrer uma cornada na coxa esquerda ao seu primeiro toiro. Levantou-se, terminou a faena, foi premiado com uma orelha e pelo próprio pé foi até à enfermaria, onde foi operado. Regressou vestido à paisana para lidar o segundo toiro do seu lote, gesto pelo qual foi fortemente ovacionado.

Lidaram-se toiros das ganadarias de Ernesto Gutiérrez e Juan Bernardo Caicedo e actuaram ainda os matadores Enrique Ponce, silêncio em ambos; e Luís Bolívar, silêncio e volta.


Fotografia: aplausos.es