Associação "El Toro de Madrid" pede mais ganadarias lusas em 2020


A Associação "El Toro de Madrid", composta por aficionados e abonados exigentes da capital espanhola, voltou a publicar um ano mais, tal como faz desde 1996, a sua 'Lista Negra' de ganadarias. 

Nela, faz a recomendação de ganadarias que não deveriam ser lidadas em 2020 em Madrid, bem como ganadarias que devem ser repetidas ou que se pretendem ver lidadas no coso madrileño.

Ganadarias que lidaram em Madrid na temporada 2019 e continuam na Lista Negra
Valdefresno / Hermanos Fraile Maza, Montealto, Parladé, El Pilar, Adolfo Martín, Pedraza de Yeltes, Jandilla / Vegahermosa, Las Ramblas, Juan Pedro Domecq, El Puerto de San Lorenzo, Saltillo, El Ventorrillo, Herederos de Celestino Cuadri, Martín Lorca, Victoriano del Río

Ganadarias novas na Lista Negra pelo mau resultado em Madrid em 2019
Garcigrande / Domingo Hernández, Alcurrucén, El Freixo, Núñez del Cuvillo, El Tajo / La Reina, José Cruz.

Toque de Atenção
Victorino Martín,Toros de El Torero, Zalduendo, Baltazar Ibán.

Ganadarias que saem da Lista Negra por não lidarem um curro completo nas duas últimas temporadas em Madrid
Gavira, Flor de Jara, Lagunajanda, Pablo Mayoral / Mercedes Figueroa, José Luis MarcaGanadarias que saem da Lista Negra por mérito própio
Hermanos Sánchez Herrero, Conde de Mayalde. 

Lista Branca (ferros que merecem regressar a Madrid em 2020)
La Quinta, Julio García, José Escolar, Santiago Domecq, Valdellán, Los Maños, Dolores Aguirre.

A conceituada Associação, refere ainda que "Anseamos pelo regresso de ferros tão credenciados como Torrestrella, Cebada Gago ou Palha" e acrescenta, "Queremos mais ganadarias portuguesas, onde predominam casas de grande tradição, de variadas e apetecíveis castas, como por exemplo: Veiga Teixeira, Assunção Coimbra, Vale Do Sorraia, Cunhal Patrício, Canas Vigouroux, José Luís Vasconcellos ou Murteira Grave, esta última com tradição em Las Ventas, lidou um toiro na corrida concurso que deixou boa impressão".

Leia a recomendação completa feita pela Associação "El Toro de Madrid" AQUI.
Com tecnologia do Blogger.