Apontamento: "Uma tarde à antiga em Salvaterra"


Salvaterra de Magos realizou no passado domingo a sua corrida Concurso de Ganadarias que resultou de êxito artístico, e onde foi clara a preocupação e sobriedade da empresa, na escolha dos toiros e ganadarias para concurso.

Com cerca de 3/4 de casa, muitos foram os que puderam deleitar-se com uma grande actuação de António Telles, frente a um grande toiro de Murteira Grave

Estavam a concurso na disputa pelos prémios de Apresentação e Bravura, toiros de Miura (difícil); Palha (com mobilidade), Veiga Teixeira (nobre) Murteira Grave (bravo e nobre), António Silva (com recorrido), Fernandes de Castro (manso).

António Telles demonstrou o que é tourear a cavalo, primeiro frente a uma rês de difícil 'trago' (Miura) e depois, frente a um bravo (Murteira Grave). E foi no quarto da ordem, que o público rendido, o obrigou a dar uma segunda volta... Dá que pensar nos tempos que correm, e em que vemos tanta cópia do mau toureio, António com a simplicidade do seu toureio, mas ao mesmo tempo a verdade de lidar, criou arte e montou cátedra.

Filipe Gonçalves andou alegre e desembaraçado com o de Palha, mas não viu, nem entendeu, o de António Silva, animal de boas condições, do qual ficou de registo apenas um grande ferro do cavaleiro algarvio.

Francisco Palha bailou com a mais feia. Primeiro com o de Teixeira, ainda foi colhido com violência depois de uma vibrante sorte de gaiola, pelo que a lide decorreu em plano correcto mas sem romper. Com o manso de Castro, ando em plano lidador e com vontade de triunfar com actuação mais consistente de argumentos.

Tarde difícil para os forcados. Pelos Amadores de Santarém, João Grave esteve heróico diante de um Miura que mandou metade do grupos para casa, consumando à 5ª. Ruben Giovetti valente à 2ª, e Francisco Graciosa num pegão à 1ª tentativa.

Pelos Amadores de Lisboa, consumaram as suas pegas nos segundos intentos, Duarte Mira, Pedro Gil e João Varandas.

No final, prémio para Murteira Grave nas duas categorias a concurso. Decorreu ainda ao intervalo uma homenagem ao ganadero, Sr. João Ramalho.

Uma tarde à antiga, com uma lide como pouco já vamos vendo nas nossas praças, e em que ficará para a memória o que é Tourear a Cavalo pelas mãos de António Telles.





Por: Manel da Graça



Partilhar no Google Plus

Sobre NATURALES

NATURALES, CORREIO DA TAUROMAQUIA IBÉRICA é um site independente de informação, análise, divulgação e crítica. Existe desde 25 de Julho de 2001, o que faz do NATURALES actualmente, a mais antiga publicação de toiros portuguesa na Internet.
    Blogger Comentários
    Facebook Comentários