De visita à Machôa: Os 'Rochas' para a Alternativa de Parreirita Cigano


A Herdade da Machôa, solar da divisa alentejana do Eng, Luís Rocha, homem afável, de bom coração e muito querido no seio da festa, é um mar de campo para perder a vista... Encostas e mais encostas, uma pracinha de tentas peculiar, num entorno único e convidativo a explorar, com o aliciante extra de estar por terras de Monsaraz e do grande lago (Alqueva). 

Ia março no início, quando se abriram as portas da propriedade dos pintobarreiros com o ferro LR para acolher nova visita. A vacada volta a todo o alto na temporada 2017, lidando na importante praça gaulesa de S. Vicent de Tyrosse e na Feira Açoreana da Graciosa, palcos com importância e que podem fazer regressar os tempos áureos à divisa da Machôa, considerada por várias vezes triunfadora na primeira Praça do País.




A sua presença no Campo Pequeno está mais uma ano garantida, e a corrida é de importância a todos os níveis. 
Cartel de seis cavaleiros, encabeçado por um veterano que já está retirado mas cujo percurso, carreira e efeméride justificam o regresso por uma noite. 
Manuel Jorge de Oliveira apadrinhará o doutoramento do jovem Parreirita Cigano na noite de 29 de Junho, sendo o ato testemunhado pelos cavaleiros Rui Salvador, Ana Batista, João Maria Branco e Jacobo Botero. As pegas serão tentadas pelos Amadores do Ribatejo e pelos grupos conterrâneos dos Amadores e Aposento da Chamusca.
Os toiros serão os da imagens que hoje vos apresentamos, e o trapio que alguns já evidenciam estará certamente redobrado na hora de tão importante acontecimento...
Que Deus reparta sorte!














Partilhar no Google Plus

Sobre NATURALES

NATURALES, CORREIO DA TAUROMAQUIA IBÉRICA é um site independente de informação, análise, divulgação e crítica. Existe desde 25 de Julho de 2001, o que faz do NATURALES actualmente, a mais antiga publicação de toiros portuguesa na Internet.
    Blogger Comentários
    Facebook Comentários