Castellón: Talavante e o seu 'duende'...


A penúltima corrida da Feira de la Magdalena em Castellón ficou marcada pelo 'cumbre' de Talavante, exposto ao mais alto nível diante do último toiro da corrida, um animal com tranco e com uma inércia para se estar a gosto. E o 'duende' do extremeño fez-se notar... 
Pelo lado esquerdo, por onde melhor investia o toiro, Talavante bordou o toureio, puro, recto, de mão baixa e com ritmo, cortando as duas orelhas e saindo triunfalmente a ombros. 

El Juli, cortou uma orelha, troféu também obtido por Sebastián Castella que substituia Roca Rey, numa tarde em que se lidaram toiros de Garcigrande, de jogo e apresentação díspar, com destaque para o que fechou praça.

A Praça de Toiros de Castellón auferiu uma lotação a roçar o esgotado.
Partilhar no Google Plus

Sobre NATURALES

NATURALES, CORREIO DA TAUROMAQUIA IBÉRICA é um site independente de informação, análise, divulgação e crítica. Existe desde 25 de Julho de 2001, o que faz do NATURALES actualmente, a mais antiga publicação de toiros portuguesa na Internet.
    Blogger Comentários
    Facebook Comentários