Luís da Cruz - Cerimónias fúnebres realizam-se esta terça-feira.

As cerimónias fúnebres do cavaleiro tauromáquico Luís da Cruz realizam-se esta terça-feira, 14 de Fevereiro, a partir das 10 horas na aldeia da Cabeça Gorda (Beja). O corpo do malogrado cavaleiro foi autopsiado na manhã desta segunda-feira, em Beja, e deverá sair para a casa mortuária da Cabeça Gorda, hoje pelas 16 horas.

O antigo cavaleiro tauromáquico e atual empresário do setor e agrícola, morreu na manhã sábado na Herdade do Estraga, em Vale de Rossins, freguesia de Salvada (Beja) na sequência de um acidente envolvendo um trator.  O alerta foi dado pelo pai da vítima, Joaquim Cruz, dono da propriedade, cerca das 11,00 horas, e o acidente ocorreu quando Luís Cruz, 51 anos, descarregava um “bigbag” de adubo.  O carregador frontal do trator, que não estaria engatado na cavilha de segurança, desprendeu-se e atingiu-o na cabeça, espalmando-o contra um espalhador de adubo, tendo a vítima tido morte imediata.

Há cerca de 30 anos, o pai de Luís Cruz, tinha perdido o braço direito na sequência de outro acidente agrícola, quando ao tentar desencravar uma enfardadeira, a máquina lhe amputou o membro superior.
No local estiveram os Bombeiros e a VMER do Hospital de Beja e a GNR do posto de Salvada. O corpo de Luís Cruz foi trasladado para a Morgue do Gabinete Médico- Legal de Beja, onde já foi autopsiado.

Luís Manuel Palma Santos Cruz, nasceu em Beja a 23 de Abril de 1965, e residia na freguesia de Cabeça Gorda. 
Luís da Cruz tirou a alternativa de cavaleiro tauromáquico a 10 de Agosto de 1988 na Praça de Toiros “José Varela Crujo” em Beja, tendo sido seu padrinho João Moura e testemunha Joaquim Bastinhas, os toiros lidados nessa tarde pertenciam à ganadaria de Cabral Ascensão.
No período de 1992 a 1997 a sua carreira esteve virada para Espanha. Em 1998 deixou de tourear para se dedicar à agricultura e à preparação de cavalos de toureio. Recentemente tinha adquirido com José Luís Zambujeira e Tito Semedo uma praça de toiros desmontável para aluguer de forma a levar as corridas de toiros ao interior do país.
Luís da Cruz voltou a tourear a 14 de Agosto de 2009, numa corrida em sua homenagem, que se realizou na Cabeça Gorda, e da qual figuraram Joaquim Bastinhas, Tito Semedo, Bastinhas Jr, e os praticantes Joana Andrade e Tomas Pinto onde foram lidados toiros de Condessa de Sobral, mostrando o cavaleiro da terra que continuava em forma.
Partilhar no Google Plus

Sobre NATURALES

NATURALES, CORREIO DA TAUROMAQUIA IBÉRICA é um site independente de informação, análise, divulgação e crítica. Existe desde 25 de Julho de 2001, o que faz do NATURALES actualmente, a mais antiga publicação de toiros portuguesa na Internet.
    Blogger Comentários
    Facebook Comentários