Madrid: Talavante deu o mote, Roca deu resposta de figura!


A oitava de San Isidro estava condenada ao 'petardo' até à saída do quinto toiro... Era a tarde da confirmação de Andrés Roca Rey e o primeiro cartel em que constavam figuras, sendo composto por Sebastián Castella e Alejandro Talavante.

Lidaram-se toiros de Núñez del Cuvillo (1º, 2º, 3º e 5º) e do Conde de Mayalde (4º e 6º), de apresentação justa e de jogo escasso e desluzido, com o quarto toiro de 'Cuvillo' um 'jabonero sucio' de uma talha impressionante que andava a chouto e com perigo, e o segundo de Mayalde, um castanho que passou a faena a 'mirar' o jovem peruano, com perigo e encastado mas cuja vontade do toureiro se superiorizou à do toiro.

Andrés Roca Rey confirmou a alternativa, brindando o seu toiro a outro 'Rey', D. Juan Carlos, que marcou presença em Madrid. No seu primeiro toiro andou com vontade mas pouco ligado, rachando-se o toiro cedo e impossibilitando um labor de maior dignidade ao jovem matador, numa altura em que a frieza vinda dos tendidos do 'coso venteño' se sentiu no ruedo.
A fechar Roca Rey enfrentou um 'Mayalde' duro, com génio e uma fiereza emocionante que outorgaram o 'riesgo' e mérito que teve a faena. Quer com o capote por 'gaoneras', quer pelos ajustados estatuários e pelas séries ritmadas e com temple de derechazos, Roca, foi todo ele 'arrimón', ousadia, entrega e valor a montes. Esteve perto da colhida, mas a força da glória falou mais alto e com um verdadeiro 'estocadón' cortou as duas orelhas e abriu a porta grande do mais importante ruedo mundial. O repto de Roca fora superado...

Sebastián Castella não encontrou hoje a tarde para dar seguimento ao bom ambiente que deixou na Feira de San Isidro passado. Os dois toiros que enfrentou revelaram-se exigentes e com pouca condição, a carecerem de fundo e maior transmissão. Ainda assim, pouco fica a registar de Castella que não logrou um acoplamento suficiente a alcançar outro desfecho. Foi silenciado em ambos.

O 'novo' Alejandro Talavante deu o privilégio à afición de Madrid de poder desfrutar da profundidade e temple da sua mão esquerda... Após uma lide desligada e sem história no primeiro (no qual foi silenciado), no quinto, e perante um animal difícil e que parecia só investir a 'cabezazos', Talavante deu o mote para o 'acordar' dos tendidos madrileños. Toureio caro, naturais cingidos que foram verdadeiros cartéis de toiros. Cortou uma orelha.

Nesta oitava corrida do San Isidro 2016, além da presença de 'su majestad', o 'bom' tempo também compareceu, estando Las Ventas totalmente esgotado por 24.000 pessoas.



Fotografia: Aplausos.es
Partilhar no Google Plus

Sobre NATURALES

NATURALES, CORREIO DA TAUROMAQUIA IBÉRICA é um site independente de informação, análise, divulgação e crítica. Existe desde 25 de Julho de 2001, o que faz do NATURALES actualmente, a mais antiga publicação de toiros portuguesa na Internet.
    Blogger Comentários
    Facebook Comentários